Postagens

Sua empresa sabe o que é e para que serve o marketing de serviços?

Imagem
Como você é atendido no dia-a-dia? Como foi a sua última viagem ou sua última refeição em algum restaurante? O atendimento foi satisfatório, as informações foram claras, a pessoa que lhe atendeu sabia do que estava falando e foi solícita? Houve real interesse pela sua satisfação? Bom, em tempos de crescimento econômico e a proximidade com a Copa e as Olimpíadas no Brasil, ainda temos muito a aprender. O Marketing de Serviços, um dos campos de estudo da Ciência Administrativa, é sem dúvida uma ferramenta que ajudará a sua empresa a proporcionar melhores e experiências aos seus clientes.
Estamos acostumados com a abordagem mercadológica clássica de produtos. As empresas, de maneira geral, desenvolvem um produto, criam um design, embalagem e marca atrantes, estabelecem um preço competitivo, distribuem e o promovem. É o chamado mix de marketing, que muitos conhecem como 4 P's.
Em serviços, a coisa muda um pouco em função das suas características. Pense num exemplo. Você vai a um dentist…

Filas dá pra acabar com este mal?

Cena 1: Você precisa ir ao seu banco solicitar um financiamento para troca de seu carro.
Cena 2: Você, em pleno sábado, precisa abastecer sua casa e vai fazer umas comprinhas no supermercado mais próximo de sua residência.
Cena 3: Você precisa fazer um check-up e vai fazer uma consulta na clínica de seu médico de confiança.
Qual o problema comum com o qual você se depara ou se depararia nas 3 cenas? Se você responde filas e mais filas, você é brasileiro. Já ouviu aquela máxima, de que brasileiro adora fila? Talvez isto seja verdade (e polêmico). Mas, vamos aos argumentos. Alguém poderá argumentar, se há filas é porque os negócios vão indo bem. Pior seria se houvesse ociosidade. Nem sempre.
A formação de filas, principalmente das longas e demoradas, é um sinal de disfunção do sistema de Gestão de Operações de uma organização. Além da demora no atendimento, fator que gera insatisfação em cada 9 de 10 clientes, as filas funcionam como vitrine de ineficiência gerencial em sua organização e …

Você sabe gerenciar?

Imagem
Conheço muita gente investida em cargos de gestão e liderança que não tem a menor idéia ou conhece muito superficialmente as principais ferramentas de gestão. Muitos exibem orgulhosos o seu status, mas não entendem os princípios básicos de administração e gerenciamento.
Muitos executivos (alguns só executores) acham que bastam possuir determinada posição, uma mesa e um telefone e pronto: serão excelentes gestores. Porém, a realidade demonstra uma situação bem diferente. Diretores, gerentes e supervisores, com formação fora da área de negócios e sem o perfil adequado, muitas vezes não conhecem o mínimo necessário para desenvolver adequadamente as tarefas que se esperam em sua posição. A consequência para os resultados organizacionais pode ser desastrosa. Isto explica, em parte, a alta rotatividade de profissionais dessas áreas. Alguns desses gestores, estranhamente, acham que precisam ser pedantes para conduzir as pessoas. Alguns batem na mesa e gritam com seus subordinados. Porém, algu…

Sua empresa pratica o Marketing Estratégico?

Imagem
Muitas empresas desconhecem o significado real do marketing e todo o seu potencial na geração de resultados. Acham que marketing consiste apenas de propaganda e comerciais na televisão. Marketing é muito mais do que isso. Trata-se de um conjunto de técnicas e ferramentas de gestão que são direcionadas pela empresa ao mercado em busca dos seguintes objetivos:
- Atrair e reter novos clientes;
- Aumentar o volume de vendas da empresa;
- Conseguir que seus produtos e sua empresa tenham uma "posição" diferenciada na cabeça do cliente;
- Aumentar o nível de competitividade da empresa;
- Administrar a demanda de seus produtos;
- Identificar novas oportunidades de negócios.
Muito mais do que vender, o marketing envolve a administração da carteira de clientes, a tomada de decisões estratégicas, a identificação de novos mercados para a empresa ou o desenvolvimento de novos produtos para os mercados atuais ou novos mercados.
O marketing estratégico, diferentemente do marketing convencional, qu…

Você se sente bem no seu ambiente de trabalho?

Como é o "clima" no seu ambiente de trabalho? Você e os seus demais colegas se sentem tensos, estressados, mal-humorados? Se sua resposta é sim, qual é a causa de tudo isso? Do seu chefe, (que não reconhece seu trabalho), dos salários e benefícios da organização (que estão abaixo da média do mercado) ou de sua equipe (altamente desentrosada e desunida)? Talvez a análise do clima organizacional de sua empresa ajude a responder essas perguntas.
O clima organizacional é a qualidade do ambiente que é percebida ou experimentada pelos participantes da empresa e que influencia o seu próprio comportamento. O clima organizacional está vinculado a diversas variáveis como motivação, estilo de liderança, ao interesse pelo trabalho, ao grau de relacionamento existente na empresa, e outros fatores relacionados ao nível de satisfação das pessoas dentro da organização. O clima organizacional reflete a qualidade do ambiente de trabalho percebido pelas pessoas e o grau de satisfação das pessoa…

Você é insubstituível?

Não, não é um ensaio teórico sobre o famoso livro do psicoterapeuta Augusto Cury. Ele publicou um interessante livro a respeito das pessoas em que defende que elas são insubstituíveis. Como seres humanos eu concordo. Mas na vida profissional será que existem pessoas ou profissionais insubstituíveis?
Algumas pessoas podem dizer que sim, que algumas pessoas pelos feitos que realizaram são únicas, como Pelé. Mas, o maior líder de todos os tempos disse uma vez que os seus discípulos fariam coisas até maiores do que Ele mesmo. Não que os discípulos fossem mais importantes que seu mestre, mas porque o mestre se preocupou de verdade em desenvolver todo o potencial de seus liderados. As modernas teorias sobre liderança defendem cada vez mais uma descentralização das decisões, a participação e o desenvolvimento das pessoas. Essas novas vertentes refletem o perfil dos novos profissionais. Hoje, as pessoas possuem melhor formação, querem mais autonomia e participação nas decisões. Para que essas …

Sua empresa consegue reter os melhores profissionais?

Conheço inúmeras empresas que não conseguem reter os melhores profissionais, os que possuem o maior potencial e que têm, inclusive, o perfil para assumir cargos estratégicos na organização no futuro. Essas empresas estão deixando escapar as maiores fontes de vantagens competitivas para seu negócio: os talentos.
Mas por que isto acontece? Por que os bons profissionais não permanecem a longo prazo nas organizações? E para onde eles estão indo? Os melhores profissionais conhecem o seu próprio potencial e não agüentam esperar por promessas de que um dia serão reconhecidos. Nesse caso eles simplesmente estão saindo pra trabalhar na Administração Pública, fazer um mestrado ou até mesmo para o exterior. Conheço ótimos profissionais que já me disseram que pensam seriamente em  pedir demissão. E coletivamente!
É claro que há exceções. Há inúmeras empresas que possuem bons planos de desenvolvimento profissional para seus funcionários e bons benefícios. Mas, sejamos sinceros: trata-se de uma minor…